terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Inusitado

Inusitado me apareceu
Não muito planejado
Me cativou...
Arrebatou a descoberta
A cada descobrir-se
Inusitado
Me fez ver verdades
Inusitadas
Até então, só em ideias
E nada ainda experimentada
Inusitado és, Bela Amor.
Que inusitadamente me alegrou.
Inusitadamente alegra-me a cada dia
A cada dia mostra Deus
Um motivo, uma alegria,
para te amar
Volitivamente.
Inusitadamente.
Inusitado amor.

Christopher Vicente 04-01-12

Nenhum comentário:

Postar um comentário